Permacultura na Holanda

Embora o movimento da Perma já esteja se espalhando pelo mundo a algumas décadas graças ao empenho do grande mestre Bill Mollinson (1928-2016), aqui na Holanda digamos que o movimento é um tanto quanto discreto. Neste semestre atendi a um curso de permacultura em Wageningen. Graças ao empenho  e militância agroecológica do prof. Kees, uma semente permacultural vem sendo plantada dentro desta uma instituição predominantemente voltada para a agricultura convencional. (Não posso deixar também de mencionar e compartilhar o FEI – farmers experience internship, grande iniciativa agroecológica do Boerengroep inspirada no EIV brasileiro!)
Durante o curso tivemos a oportunidade de visitar diversas iniciativas interessantes que rolam na região além de realizar designs para projetos locais, no caso do meu querido grupo (um abraço para Inge, Mara. Lookie e Waas) para a Anna’s Tuin & Ruiget em Amsterdam.

Sem mais delongas, segue o trabalho (design) final do nosso grupo:

poster-anna2teste100-svg

Vale ressaltar que o desenho segue o perfil da paisagem com vista a partir do caminho e que o mapa foi feito por meio do programa opensource inkscape. Também que o design/projeto já está em fase de implementação!
(No final do post é possível acessar o documento completo)

Dentre as iniciativas que visitamos, destaco  a agrofloresta Ketelbroek. Uma história interessante. Wouter van Eck vendeu tudo o que tinha para comprar um pedacinho de terra e implementar uma agrofloresta,  desafiando toda a legislação engessada holandesa.

2

Hoje, o local é reconhecido pela abundante diversidade (que inclui algumas especies ameaçadas de extinção) e produção de alimento não convencionais que suprem um restaurante michelim em Nijmegan.

1

Também visitamos a Veld en Beek, uma fazenda que produz leite e derivados, legumes e vegetais por meio de um plantio rotacionado junto com pasto. Durante o verão, o gado fica solto no pasto e o estábulo(?) é utilizado como estufa para vegetais que não resistem ao clima holandês. Tudo interconectado por meio de um design interessante.

open2

Cada consumidor associado possui uma chave da geladeira na cidade. Quando precisam dos produtos, dão um passada no local onde está a geladeira e deixam anotado o que levaram e os frascos usados.

Nessa mesma pegada, visitamos também hortas (como a Nieuwe ronde) e pomares (como o Fruit van west). Funcionam sob CSA (comunidade suportando agricultores) onde os membros pagam uma anuidade e todos dividem a produção, o mais bacana é que além disso, cada um colhe a sua parte semanalmente!

Uma bela iniciativa dos estudantes: Creative Community Garden Wageningen e a ecovila etinerante Ppauw: ocupar, resistir e permaculturar!
13100729_538915016287793_4736997500713445784_n

E para finalizar, o documento completo do nosso design.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s